Perguntas e Dúvidas

  • O que é perda auditiva?

    É a incapacidade parcial ou total para ouvir os sons em uma ou ambas as orelhas. A dificuldade em ouvir depende do grau da perda auditiva que pode ser leve, moderada, severa ou profunda.

  • Como suspeitar da presença de uma perda auditiva?

    A pessoa que repete varias vezes frases como:
    - Como?
    - Repita por favor.
    - Eu ouvi mas não entendi.
    - Fale mais alto.
    - Aumente o volume da televisão porque não estou entendendo o que as pessoas estão falando.
    - Estas frases trazem pistas de que a pessoa pode estar com perda auditiva.

  • Como é realizado o exame audiométrico?

    O paciente é colocado numa cabine e deverá indicar se escutou o estímulo sonoro emitido (série de apitos) através de um par de fones. Pelo exame audiométrico podemos observar qual tipo de perda auditiva e qual o nível mínimo de intensidade de som que a pessoa é capaz de detectar em cada orelha.

  • O que é um aparelho auditivo?

    É um aparelho que auxilia a audição captando os sons, amplificando-os e encaminhando-os para dentro das orelhas.

  • O que esperar do aparelho auditivo?

    O aparelho melhora a qualidade da audição da pessoa com perda auditiva. Porém não traz de volta a audição natural, seu objetivo é compensar o prejuízo.

  • Quais os benefícios com o uso contínuo de aparelhos auditivos?

    Maior atenção aos sons e as pessoas;
    Melhor percepção sonora;
    Melhor discriminação auditiva;
    Melhor reconhecimento dos sons em geral;
    Melhor localização sonora (uso bilateral);
    Melhoria no convívio social.

  • Eu tenho que usar os aparelhos dos dois lados?

    Se a perda é de um lado apenas usa se um aparelho nessa orelha. Quando a perda é dos dois lados é aconselhável o uso de dois aparelhos auditivos.

    Pesquisas mostram que pessoas que usam diariamente dois aparelhos auditivos compreendem a fala e a conversa significativamente melhor do que as que só utilizam um aparelho.

  • Fases da seleção de um aparelho auditivo.

    Indicação do médico otorrinolaringologista;
    Exame audiométrico realizado por um profissional fonoaudiólogo;
    Escolha do tipo de aparelho auditivo;
    Teste com os aparelhos auditivos;
    Aquisição do aparelho auditivo;
    Regulagens periódicas;

  • Qual a diferença entre os aparelhos auditivos analógicos e digitais?

    Os aparelhos analógicos são um tipo de tecnologia mais antigo, o circuito é menos sofisticado do que os digitais e eles apresentam poucos recursos e ajustes que são feitos manualmente.

    Os digitais são os tipos mais modernos e sofisticados do mercado. Eles usam a tecnologia do computador para processar os sons. Tem a vantagem de permitir mais controle do sinal sonoro e podem ser programados e ajustados para a perda auditiva de cada um através de softwares de programações.

  • O que é deficiência auditiva no idoso?

    A perda auditiva no idoso é chamada presbiacusia. Conforme a pessoa vai ficando idosa, as células da audição vão se deteriorando e a audição e a compreensão da fala vão diminuindo.

  • Como o paciente pode ficar satisfeito com o uso de aparelho auditivo?

    É preciso que a pessoa tenha consciência e aceite a sua deficiência auditiva, que tenha paciência e persistência para se adaptar aos aparelhos. Apoio e compreensão dos familiares colaboram em grande parte no processo de adaptação.